Top O Lisboeta Observador: Janeiro 2009
sexta-feira, janeiro 30, 2009
Mentir impunemente até quando?

Relatório da OCDE elogia politica de Educação do Governo PS
Mais uma mentira e uma farsa produzida pelo Sócrates e a ministra da educação.
Uma pérola.
Vale a pena ler – Meditação na Pastelaria


Etiquetas:

Bruxos & Corruptos


Este governo é dado a bruxarias!
Ele é poderes ocultos, campanhas negras, ele é cabalas, até temos um ministro que parece que sabe ler nas estrelas.
E o que diz o ministro da Administração Interna? Será que é astrólogo...?


Mas onde estamos?

Etiquetas: ,

Idoneidade precisa-se!

Primeiro Ministro José Sócrates é um mentiroso compulsivo.

«Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e pela mesma razão.»
Eça de Queiroz

Etiquetas: , , ,

quarta-feira, janeiro 28, 2009
Insólito!


Liverpool Street Station
Isto aconteceu em Londres, este mês, para um anúncio, mas ninguém sabia...
(Oferecido por e-mail por uma amiga)

Etiquetas: ,

domingo, janeiro 25, 2009
A Naifa - Señoritas


A Naifa

Etiquetas:

quinta-feira, janeiro 22, 2009
MacBook Wheel

Apple Introduces Revolutionary New Laptop With No Keyboard

O que pensar disto?...

Etiquetas: , ,

terça-feira, janeiro 20, 2009
Barack Obama


É hoje empossado o 44º Presidente dos Estados Unidos da América - Barack Obama

As expectativas são altas demais, mesmo assim desejo sinceramente os maiores êxitos.

O que é interessante é ver a esquerda olhar para este homem como se fosse o salvador do mundo, como qualquer devoto da Igreja Universal do Reino de Deus á espera de entrar no reino dos céus.

Etiquetas: ,

quarta-feira, janeiro 14, 2009
Ambulâncias inocentes.

È claro as Nações Unidas desconhecem isto. Porque senão já tinham posto cobro à situação. Obviamente!

Só é surpresa para as pessoas de má fé ou para os defensores do gang do Hamas e companhia limitada.
Conforme o vídeo documenta é usual a utilização de ambulâncias para deslocação em combate.
Mas não são só ambulâncias onde se escondem mas também em escolas e mesquitas, e mercados cheios de gente, enfim são uns heróis fantásticos.
E estes cobardes são apoiados por toda a fauna da esquerda.

Etiquetas: , , ,

sexta-feira, janeiro 09, 2009
Boris Pasternak e os Camaradas


A propósito do post “Xeque ao Boris” por Rui Bebiano do seu magnifico blog A Terceira Noite gostava de lhe perguntar qual é a admiração sobre o caso, dado as restrições de toda a ordem a que os escritores na União Soviética estavam sujeitos.
Já agora quantos membros da Real Academia Sueca trabalharam para o KGB, dado a quantidade de escritores que foram agraciados com o Nobel, cujo único mérito eram somente serem marxistas ou envolvidos em organizações pró-bloco leste?

Já agora talvez não faça mal ler uma passagem de Maria José Oliveira cujo excerto do artigo transcrevo a seguir. “A obra maldita de Boris Pasternak”
O incómodo e a fúria

Ao contrário do que o meio intelectual soviético propagandeou, Pasternak não recebeu o prémio por causa de "Doutor Jivago" (embora o próprio autor tenha tentado desculpar-se da atenção que lhe era dada pelo Ocidente, apontando como motivo a publicação do livro, em Itália). O seu nome já constava da lista de prováveis nomeados da Academia Sueca desde o fim da II Guerra e em causa estava a sua obra poética. De 1946 a 1950, esteve sempre na "short-list" de candidatos. E voltou a ser colocado em 1957, ano em que o laureado foi Albert Camus, que, aliás, elogiou Pasternak no seu discurso na cerimónia de entrega do prémio.

Os rumores de que Pasternak poderia vir mesmo a ganhar o Nobel causavam grande incómodo no interior da União de Escritores Soviéticos. E quando foi anunciado o vencedor de 1958 - "pelo seu importante feito tanto na lírica poética contemporânea como na área da grande tradição épica russa" - o incómodo transformou-se em fúria.


Etiquetas: ,

domingo, janeiro 04, 2009
Viva Israel


Um direito inquestionável. Um direito inabalável.
Clique para aumentar
In Público 31-12-2008



O Hamas em acção, chacinam os líderes da Administração da Fatha (OLP) em Gaza, após tomarem o poder pela força em Junho de 2007.

Etiquetas: