Top O Lisboeta Observador: Outubro 2011
sexta-feira, outubro 28, 2011
A Última Fronteira do Hubble


Em órbita a cerca de 650 quilómetros da Terra, o telescópio espacial Hubble tem sido a nossa janela mais importante para compreendermos a formação das estrelas.
Este vídeo contém imagens maravilhosas captadas por este telescópio. Nunca é demais visionar e admirar este novo mundo.

Etiquetas: , ,

segunda-feira, outubro 24, 2011
Orlando Ribeiro : Ponto de partida, lugar de encontro

Na terça-feira 25 de Outubro, às 17 horas, será apresentado, na Biblioteca da Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Rua da Escola Politécnica, nº 135, Lisboa, o livro Leite de Vasconcelos e Orlando Ribeiro. Encontros Epistolares, da autoria de M.F. Alegria, S. Daveau e J. C. Garcia, bem como a revista O Arqueólogo Português, série V, 1.

Na quarta-feira 26 de Outubro, será inaugurada na Biblioteca Nacional de Portugal, Campo Grande, nº 83, Lisboa, a Exposição Orlando Ribeiro. Ponto de Partida, Lugar de Encontro, comemorativa do seu centenário. Às 17 horas, decorrerá um Colóquio no Anfiteatro da BNP, com a participação dos coordenadores da Exposição e das personalidades que testemunharam no Catálogo. Será seguido da entrega do Prémio Orlando Ribeiro, atribuído pela Associação Portuguesa de Geógrafos. Às 18 horas 30, será inaugurada a Exposição na Sala do primeiro andar. Ficará patente ao público até 18 de Fevereiro de 2012 (2ª a 6ª, 13h00-19h00, sábado, 10h00-17h00).

Ver mais: BNP 

Etiquetas: , , ,

sexta-feira, outubro 21, 2011
Istambul à noite

Istambul - Mesquita Azul à noite
Istambul  - Santa Sofia à noite

Etiquetas: , ,

terça-feira, outubro 18, 2011
Quinhentos milhões de euros por ano em subsídios





Já perceberam agora porque sorri a EDP?



Etiquetas: ,

sexta-feira, outubro 14, 2011
Dennis Ritchie morre aos 70 anos



Depois de Steve Jobs, CEO da Apple, mais uma perda se abate sobre o mundo das tecnologias da informática. Morreu neste ultimo fim-de-semana o criador da linguagem C de programação e do sistema operacional Unix, Dennis MacAlistair Ritchie

Segundo informações, a morte ocorreu na residência do cientista, nos Estados Unidos. Aos 70 anos, Dennis estava doente há algum tempo, motivo pelo qual, inclusive, negou uma entrevista recentemente à InformationWeek dos EUA.

Conhecido mundialmente por sua modéstia, Dennis Ritchie foi o grande cérebro por traz de diversos sistemas operacionais.
Criador da linguagem C (desenvolvida inicialmente por ele entre 1969 e 1973) e co-criador do Unix (juntamente com Ken Thompson) que de suas variantes surgiram o Linux e o Mac OS X.

A sintaxe C foi a base para a maioria das linguagens, desde o seu lançamento, em 1970. Oito das dez principais linguagens da actualidade vieram directamente da tecnologia, tais como o C++ , Java, C #, só para enumerar estas, minhas familiares ferramentas de trabalho.

Dennis, que também era conhecido como “dmr” (que era parte de seu endereço de e-mail), obteve grande influência no mundo da computação, tendo recebido diversos prémios entre eles o Turing em 1983 por seu trabalho com o Unix, e o National Medal of Technology em 1999.

Programadores também se lembram de Ritchie por seu famoso programa “hello, world”, que é muito utilizado em códigos de programação como um exemplo de um programa de computador bastante simples. Capa do meu velho livro de programação de linguagem C.


Em 1983, Dennis Ritchie e Ken Thompson viram reconhecido o seu trabalho no âmbito dos sistemas operativos, mais concretamente no desenvolvimento do sistema operativo Unix.
Aqui fica um dos vídeos, onde  Dennis Ritchie e Ken Thompson apresentam a história do Unix.




Etiquetas: , , ,

Contrex - Ma Contrexpérience - 97s



Uma divertida maneira de perder calorias!

Etiquetas:

quinta-feira, outubro 13, 2011
A Palhaçada continua.


Henricartoon

Crime e castigo

Etiquetas: , , , ,

quarta-feira, outubro 12, 2011
Os nossos tesouros desconhecidos do mundo tropical



Há mais de 120 anos que o Instituto de Investigação Científica Tropical, em Lisboa, anda a reunir “tesouros” científicos das antigas colónias portuguesas. O PÚBLICO desafiou os investigadores e estes escolheram as oito peças mais valiosas para esta visita virtual. São as suas vozes que contam a história guardada em armários. Por Helena Geraldes, Nicolau Ferreira, Joana Bourgard (som) e Rui Gaudêncio (fotografia)   




Etiquetas: , , ,

terça-feira, outubro 11, 2011
Ciclista atropelado!


O ciclista de montanha, Evan van der Spuy da Equipa Jeep África do Sul foi literalmente atropelado por um antílope com um peso perto dos 140Kg.
O seu colega de equipa Travis Walker filmou esta cena incrível.

Etiquetas: , ,

segunda-feira, outubro 10, 2011
Novidades - Livros sobre Angola

Tinta da China edições

Sinopse da obra: Na província angolana da Lunda­‑Norte, onde se concentram as principais áreas de exploração aluvial diamantífera, grande parte dos habitantes vive em regime de quase escravatura. São impedidos de manter actividades de auto­‑subsistência, roubados, torturados, assassinados. As forças armadas e as empresas privadas de segurança protagonizam os crimes com total impunidade. As autoridades e o governo ignoram esses crimes.
Jornalista de investigação, Rafael Marques é um dos principais responsáveis por denunciar e divulgar os esquemas de corrupção que envolvem as mais altas esferas do poder em Angola, bem como as empresas e entidades estrangeiras que com ele negoceiam.«Diamantes de Sangue» é uma investigação sobre personalidades, instituições e empresas envolvidas no negócio dos diamantes e inclui o testemunho de centenas de vítimas.



Dulce Maria Cardoso
1.ª edição: Outubro de 2011
n.º de páginas: 272
tipo de capa: Capa Dura
formato: 14x19,5 cm
isbn: 978­9896710989

Sinopse da obra: “1975 Luanda. A descolonização instiga ódios e guerras. Os brancos debandam e em poucos meses chegam a Portugal mais de meio milhão de pessoas.
O processo revolucionário está no seu auge e os retornados são recebidos com desconfiança e hostilidade. Muitos não têm para onde ir nem do que viver. Rui tem quinze anos e é um deles. 1975. Lisboa.
Durante mais de um ano, Rui e a família vivem num quarto de um hotel de 5 estrelas a abarrotar de retornados — um improvável purgatório sem salvação garantida que se degrada de dia para dia.
A adolescência torna­-se uma espera assustada pela idade adulta: aprender o desespero e a raiva, reaprender o amor, inventar a esperança. África sempre presente mas cada vez mais longe.”
Edições Tinta da China.

Etiquetas: , ,

quinta-feira, outubro 06, 2011
Morreu um visionário. Steve Jobs.



1976: Steve Jobs e Steve Wozniak lançam o primeiro computador Apple em Palo Alto, Califórnia. Consiste em pouco mais do que um painel de circuitos e custa pouco menos de 700 dólares.

1977: O Apple II com um processador de um megahertz converte-se no primeiro computador construído em série e torna-se um êxito instantâneo.

1980: Apple passa ser cotada na bolsa.

1983: Introdução do Lisa, o primeiro computador pessoal com um rato para navegar e com ícones no desktop. O seu fracasso foi atribuído ao seu elevado preço, quase 10.000 dólares.

1984: Nasce o computador Macintosh. É acessível e inclui inovações como uma drive de disquete, um monitor integrado e um rato.

1985: Jobs renuncia pela primeira vez depois de perder o controle da Apple numa luta interna pelo poder na empresa.

1986: O director executivo da Apple, John Sculley, é nomeado presidente da firma. Jobs funda a empresa NeXT Computer e compra a unidade de gráficos da Lucasfilm, que é renomeada de Pixar.

1996: A Apple compra a NeXT e transforma Jobs em assessor.

1997: Jobs substitui Gil Amelio à frente da Apple. A arqui-rival Microsoft investe 150 milhões de dólares na companhia.

1998: Jobs moderniza a linha de produtos da Apple, produzindo os coloridos computadores iMac por 1.300 dólares.

1999: O iBook é apresentado ao mercado.

2001: a Apple lança o reprodutor de música digital MP3, o iPod, por 399 dólares, e abre a primeira loja da empresa em Palo Alto.

2003: A Apple abre a loja de música on-line iTunes.

2004: Jobs é submetido a uma operação a um cancro no pâncreas.

2007: A Apple lança o iPhone, inaugurando a era das telas de touch.

2009: Jobs tira uma nova licença médica em Janeiro e volta ao trabalho em Junho depois de um transplante de fígado.

2010: Jobs apresenta o iPad em Janeiro e o tablet passa a ser vendido em Abril, convertendo-se num grande êxito. Em Maio, a Apple supera a Microsoft como primeira empresa de tecnologia americana em termos de valor de mercado.

2011:

17 de Janeiro: Jobs tira uma nova licença médica sem especificar os motivos.

18 de Janeiro: a Apple informa um lucro líquido trimestral recorde de 6 mil milhões de dólares.

2 de Março: Jobs faz uma aparição surpresa para apresentar a última versão do iPad.

6 de Junho: Jobs volta a surpreender ao lançar o serviço gratuito de armazenamento on-line iCloud.

19 de Julho: a Apple consegue no segundo trimestre 7,31 mil milhões de dólares em lucros.

9 de Agosto: A Apple converte-se por um curto período de tempo na empresa mais valiosa do mundo em capitalização de mercado ao superar a ExxonMobil.

24 de Agosto: Jobs anuncia a sua renúncia como presidente executivo da Apple e é substituído pelo director de vendas e operações, Tim Cook, mas permanece como presidente da empresa. Depois do anúncio, as acções da Apple caíram 5,3%.

4 de Outubro: A Apple apresenta o "iPhone 4S", um iPhone mais potente, com uma função de "assistente pessoal", que responde a comandos de voz, com um processador mais rápido e uma câmara de vídeo de alta definição.

5 de Outubro: Morre Steve Jobs.


Etiquetas: , , ,

terça-feira, outubro 04, 2011
Uma Radiografia da «Madeira Nova»



Jardim, a Grande Fraude
Uma Radiografia da «Madeira Nova»
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 544
Editor: Editorial Caminho
ISBN: 9789722124065

Com 35 anos de autonomia política, Governo próprio e grossas transferências do Orçamento de Estado, a que se juntam 25 anos de generosos fundos comunitários, a Madeira modernizou-se por fora mas não se desenvolveu por dentro. Apostou no betão (que trouxe grossos benefícios a uma clientela restrita) e «esqueceu-se» do resto. 
Conheça por dentro o regime, a sua ligação com a Igreja, a Justiça e os media, a teia que criou, a subsídio-dependência generalizada na ilha. Saiba quem é quem no jardinismo, medite na linguagem desbragada do chefe máximo e na sua frustração por não conseguir dar o salto da ilha.
Conheça aqui a rede que governa a Madeira - Madeira Connection. 

Etiquetas: , ,

domingo, outubro 02, 2011
Manuscritos do Mar Morto disponíveis em vídeo

Vídeo de apresentação do projecto digital dos Manuscritos do Mar Morto


Manuscritos bíblicos, originários de uma época anterior ao nascimento de Cristo, foram digitalizados e colocados na Internet. Maior conhecimento da antiguidade está agora disponível à distância de um clique.


Os antigos Manuscritos do Mar Morto, documentos bíblicos datados entre os séculos III a.C. e I d.C., foram agora digitalizados e colocados na Internet, através de uma iniciativa conjunta levada a cabo pelo Google e o Museu de Israel, localizado em Jerusalém.

Os documentos históricos foram descobertos entre 1947 e 1956 em Qumran, perto do Mar Morto, e a sua origem é atribuída aos essénios, uma seita judaica que viveu na região há mais de dois mil anos. Entre as centenas de elementos recuperados, encontra-se aquele que é considerado um dos mais antigos documentos bíblicos de que se tem conhecimento, o manuscrito de Isaías.

Entre os cinco pergaminhos disponíveis online, no projecto digital dos Manuscritos do Mar Morto, encontram-se ainda o manuscrito do templo, o manuscrito da guerra, o manuscrito das regras da comunidade e o manuscrito de Habacuc.

Antiguidade e mundo moderno unidos pela tecnologia

A importância histórica dos Manuscritos do Mar Morto faz com que a digitalização destes documentos bíblicos ganhe ainda mais relevância. De acordo com Adolfo D. Roitman, curador no Museu de Israel, "é o tesouro cultural mais importante da nação judaica. Dois mil anos depois, graças à tecnologia, estes documentos estão online".

"Uma das missões do Google é organizar a informação do mundo e torná-la universalmente acessível e útil", continua Yossi Matias, responsável pelo Centro de Investigação e Desenvolvimento do Google em Israel.

As imagens de alta resolução dos manuscritos, cada uma com 1200 megapixéis, são acompanhadas por textos informativos relativos a cada um dos cinco documentos. No caso do manuscrito de Isaías, está também disponível uma tradução em inglês e este pode ser consultado por coluna, capítulo e versículo.

Sugestão de leitura: 
Os Manuscritos do Mar Morto de André Paul 

Etiquetas: , , , ,