Top O Lisboeta Observador: Março 2012
sábado, março 31, 2012
A demagogia eco-socialista da Câmara Municipal de Lisboa

Etiquetas: , ,

quinta-feira, março 29, 2012
Millôr Fernandes

Millôr Fernandes 1924 - 2011


«Viver é desenhar sem borracha».

Etiquetas: ,

sexta-feira, março 23, 2012
Comemorando o Space Shuttle


O som e imagens da aventura espacial. Uma câmara colocada nos foguetes que ladeiam o Space Shuttle na sua ascensão ao espaço. Foguetes esses uma vez esgotados se separam e caem no oceano. Imagens documentadas que farão parte de um DVD a ser editado pela NASA "Ascent: Commemorating the Space Shuttle".



Etiquetas: , , ,

quarta-feira, março 21, 2012
DIA MUNDIAL DA POESIA

Quando desaparecer 

“Quando desaparecer
hei-de pedir à noite
que me consuma com ela
que me devaste a alma
não quero mais
quero desaparecer na noite
e só de noite consumir-me”

António Gancho (1940-2005)



Etiquetas: ,

segunda-feira, março 19, 2012
Acordo Ortográfico «afasta raiz» ...

Acordo Ortográfico «afasta raiz» das grandes línguas e «empobrece» Portugal e Brasil

O filólogo Fernando Paulo Baptista considera que o acordo ortográfico da Língua Portuguesa incorre "no absurdo" de recorrer à pronúncia para regulamentar os usos escritos, afastando-se da raiz greco-latina e das grandes línguas mundiais.






Etiquetas:

segunda-feira, março 12, 2012
Jean "Gir/Moebius" Giraud. 1938-2012.


Jean "Gir/Moebius" Giraud. 
1938-2012.

Etiquetas: ,

sexta-feira, março 09, 2012
keiko lee


Etiquetas: , ,

quinta-feira, março 08, 2012
AO – Um desvario, uma irresponsabilidade vergonhosa.

A opção
por VASCO GRAÇA MOURA


Nunca me tinha passado pela cabeça que se justificasse a realização de um referendo sobre o Acordo Ortográfico. Bastariam, pensava eu, o simples jogo dos princípios do Direito num Estado que se reclama dele, a mera verificação da ocorrência ou não de determinados pressupostos, a reconhecida competência ou mesmo a simples informação da maioria dos especialistas e dos utilizadores qualificados da língua, enfim, o sentimento expressivamente maioritário da opinião pública, para travar a calamidade.
No entanto, não está a ser assim: quem ataca o AO, recorre a argumentos jurídicos e técnicos que ainda não foram refutados. Quem defende o AO sem conseguir desenvolver uma contra-argumentação nesse plano faz tábua rasa dos princípios elementares do Estado de Direito, colocando-se numa posição autoritária de que o dito está em vigor "porque sim" e tem de se aplicar "porque sim"

Acordo Ortográfico: Eventuais alterações serão sempre decididas pela comissão científica
O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, esclareceu esta quarta-feira que eventuais alterações ao novo Acordo Ortográfico serão sempre decididas pela comissão científica multilateral que está a elaborar o Vocabulário Ortográfico Comum.

Etiquetas: , ,

sábado, março 03, 2012
Vista aérea da Europa.


Etiquetas: ,