Top O Lisboeta Observador: Outubro 2006
sexta-feira, outubro 27, 2006
Como funciona a fraude

Os refugiados

Na primeira parte desta série de artigos publicados no Ma’ariv, Ben Dror Yemini analisou a ausência de reacção mundial face aos massacres de árabes e muçulmanos, geralmente perpetrados por árabes e muçulmanos. O silêncio do mundo tem um significado especial devido à intensa exposição mediática e académica do conflito entre Israel e os palestinianos, com milhares de publicações a acusarem Israel de cometer um “genocídio” que não existe. Na verdade, tal como foi amplamente demonstrado, o conflito israelo-palestiniano provocou um número de vítimas mínimo quando comparado com conflitos similares no resto do mundo.Neste capítulo, Ben Dror Yemini analisa o problema dos refugiados de uma forma global, com destaque especial para a relação de dualidade da ONU e da comunidade internacional para com o problema dos refugiados em geral, e dos refugiados palestinianos em particular. O original em hebraico pode ser lido aqui: והעולם משקר

um artigo de Ben Dror Yemini


Recomendo a leitura deste artigo bastante elucidativo sobre Israel e o mundo muçulmano e a intelectualidade ocidental.
in Rua da Judiaria de Nuno Guerreiro Josué

Etiquetas:

quinta-feira, outubro 26, 2006
O civismo do clérigo muçulmano é aterrador.


O muffi da Austrália, Taj el-Din al-Hilali, disse numa das suas prédicas, que as mulheres que mexem as ancas de forma sugestiva ao andar e as que se maquilham, estão a «pedir» que sejam violentadas. Este tipo de gente está no grau zero do civismo, como se pode tolerar um tipo destes sem o colocar na barra do tribunal?
Ver origem da noticia.

Etiquetas: ,

Para registar


O novo Procurador Geral da República defende:

Etiquetas:

segunda-feira, outubro 23, 2006
Há 50 anos...


Há 50 anos o povo Húngaro iniciava uma insurreição para terminar com o jugo soviético a que era submetido. A iniciativa acabou em sangue, a 10 de Novembro do mesmo ano. As tropas soviéticas sufocaram Budapeste com os seus tanques. Era o realismo socialista em marcha.
Os historiadores são de opinião que esta revolta foi a primeira depois da 2ª Guerra Mundial “a primeira revolução antitotalitária".
Esta insurreição foi sangrenta, os húngaros foram vencidos, mas era o começo do principio do fim do comunismo e da URSS.
Este massacre do povo húngaro começou a mudar ainda que lentamente o pensamento dos intelectuais de esquerda na Europa. A partir desta data muitas fracturas e dissidências começaram a surgir nos partidos comunistas ocidentais.
Vale a pena lembrarmo-nos hoje destes verdadeiros heróis húngaros num tempo de faz de conta e de cobardes políticos.

Para mais informação ver
aqui uma breve cronologia do drama do socialismo soviético.

Etiquetas:

sexta-feira, outubro 20, 2006
Vigésimo aniversário da morte de Luís Borges

Colóquio internacional - 20 e 21 de Outubro organizado pela Universidade de Paris Sorbone (Paris IV)
Sobre a direcção de Pierre Brunel e Daniel-Henri Pageaux por ocasião do vigésimo aniversário da morte de Luís Borges
Programa

Etiquetas: ,

quinta-feira, outubro 19, 2006
Chacina dos elefantes em Angola

A chacina dos elefantes em Angola continua.
Elefantes em estado selvagem existem, ainda, em 37 países africanos e Angola é o único que não assinou a convenção CITES (Convention on International Trade in Endangered Species).
Ver blog Escrita em Dia de Carlos Narciso

Etiquetas: ,

terça-feira, outubro 17, 2006
Jornalista - Pela Liberdade de Expressão


Civil Courage
Rafael Marques, jornalista angolano foi galardoado com o Prémio Coragem Cívica, “Civil Courage Prize” 2006, atribuído pelo “Northcote Parkinson Fund”, uma prestigiada Fundação privada norte-americana.
A Cerimónia de entrega do Prémio terá lugar a 18 de Outubro corrente na Harold Pratt House de Nova Iorque.
Para aqueles com falta de memória, este homem foi perseguido pelo regime do MPLA
por injúrias ao Presidente da República e condenado por abuso de liberdade de imprensa.
Na altura gerou-se uma onda de protesto e solidariedade por todo o lado em prol da liberdade de expressão em Angola.
Houve recurso donde resultou a suspensão da pena e a obrigatoriedade do pagamento de uma indemnização por danos morais ao Presidente.
A sua determinação aumentou e continuou a denunciar a corrupção e a injustiça em Angola, através das suas textos na imprensa portuguesa e angolana.
Os seus trabalhos sobre a pobreza em Cabinda como na Lunda são sintomáticos da sua coragem e determinação.
Presentemente estuda na University of London.

Etiquetas: ,

segunda-feira, outubro 16, 2006
Prémio Nobel


Muhammad Yunus

Foi dos prémios Nobel da Paz que me deram mais satisfação nos últimos anos.
Este Homem trabalhou efectivamente para a dignificação do ser Humano.

É com este tipo de pessoas que a humanidade avança e nos faz pensar duas vezes e ter alguma esperança nela.
Não chegando o que fez vai utilizar o dinheiro do prémio para construir um hospital oftalmológico e uma empresa para fornecer alimentos a pessoas pobres no Bangladesh.

Etiquetas: ,

sábado, outubro 14, 2006
Hannah Arendt

Linden, 14 de Outubro de 1906Nova Iorque, 4 de Dezembro de 1975
Passam hoje 100 anos sobre o seu nascimento.
Filósofa política mais singular do século XX.Autora de uma obra sólida,mas particularmente há duas obras que me marcaram para sempre: As Origens do Totalitarismo e Eichmann em Jerusalém - Uma reporttagem sobre a banalidade do mal.
Estas duas obras marcaram-me como um ferro em brasa.
Obras estas funcionam como uma vacina contra qualquer tipo de totalitarismo seja ele de que cariz for.

Etiquetas:

quarta-feira, outubro 11, 2006
Descoberta

Pássaro dos Andes
Yariguies Bruch Finch

Etiquetas:

terça-feira, outubro 10, 2006
Dia Mundial Contra a Pena de Morte

Etiquetas: ,

Curiosidades

Leão Tolstoi mereceu ser excomungado

Leão Tolstoi, um dos maiores escritores do séc. XX, humanista, defensor da teoria da não violência, foi excomungado pela Igreja Ortodoxa Russa em 1904 e, até, ao presente, esse castigo não foi levantado. O grande clássico russo não merece ser perdoado pela Igreja Ortodoxa Russa! Coisa estranha! Lénine, Estaline e outros dirigentes comunistas soviéticos, que, sob o pretexto de que "a religião é o ópio do povo!", mataram milhões de cristãos ortodoxos, destruíram milhares de templos, nunca foram alvo de excomunhão por parte da Igreja Ortodoxa Russa. Pelo contrário, os hierarcas dessa Igreja, incluindo o metropolita Kirill, rezavam pela "saúde" desses carrascos na época soviética e reconheciam o poder político ateu, porque, segundo a doutrina da IOR, todo o poder tem origem divina .
A Igreja que excomungou Tolstoi e continua a não perdoar-lhe é a mesma que beatificou Nicolau II, o último czar russo, que cometeu um dos pecados mais graves: renunciou ao trono. Segundo a doutrina da Igreja Ortodoxa Russa, o poder vem de Deus e, por conseguinte, Nicolau jamais deveria ter renunciado em Março de 1917.
A única consolação no meio disto tudo é que, se Deus realmente existe, poderá ter uma opinião diamatralmente oposta à da actual hierarquia ortodoxa russa

Etiquetas:

segunda-feira, outubro 09, 2006
Coreia do Norte


O regime comunista e paranóico da Coreia do Norte desafia e desrespeita a
Comunidades das Nações.
A consequência desta atitude só leva infelizmente a um caminho – a corrida ao armamento das nações mais próximas.

Recomendo a leitura
Diário Digital
Público
Sic-Online
Macroscopio
Wikipedia

Etiquetas:

Anna Politkovskaia

Anna Politkovskaia 1958-2006
Mais um jornalista assassinado na Rússia.

Anna Politkovskaia de 48 anos jornalista premiada, crítica das políticas do Kremlin, e sobretudo na cobertura sistemática da segunda guerra da Tchetchénia desde 1999.
Nascida em Nova Iorque, filha de diplomadas da Ucrânia soviética, Anna estudou na Universidade de Moscovo e começou a sua carreira nos media estatais. Depois da implosão do regime começou a trabalhar em jornais independentes.
Jornalista atenta sobretudo à guerra da Tchetchénia, onde denunciou sistematicamente
a brutalidade da guerra e a falta de respeito dos mais elementares direitos humanos.
Bastante premiada, publicou vários livros como Viagem ao Inferno e o mais recente
A Rússia segundo Putin.

Foi ontem brutalmente assassinada a tiro à porta de sua casa por um atirador que a esperava

Desde 1996 a 2005, vinte e três (sim 23!) jornalistas foram mortos na Rússia, 12 dos quais assassinados por contrato desde que Putin chegou ao poder.
Nenhum inquérito judicial chegou a qualquer conclusão sobre estas mortes.

Dia a dia constata-se o que alguns já há algum tempo vêm dizendo.
Putin é um ditador disfarçado de democrata.
Na ex-URSS desenha-se uma nova ditadura de contornos bastante violentos, onde direitos humanos são uma anomalia que só deve ser exigida ao ocidente, quando se fala
da guerra do Iraque ou da Palestina.

Mais uma vez faço notar que os nossos “democratas e pensadores” anti-americanos de serviço se esquecem sistematicamente de denunciar este tipo de coisas… é no minimo intrigante.

Etiquetas:

sexta-feira, outubro 06, 2006
Viva a República da RTP


A linha editorial da RTP é qualquer coisa de fantástica.
Das duas uma: ou os critérios editoriais são definidos por gente incapaz ou há manipulação informativa por parte da tutela.
A “reportagem” do assalto ao banco em Setúbal foi até à náusea, em contrapartida comentários sobre o discurso de Presidente da República foram nulos e sobre a manifestação dos professores a maior de sempre passou despercebida neste canal.
Para rematar a “grande” entrevista a Nobre Guedes não foi mais que um desenrolar de frivolidades politicas em que em nada contribuiu para o que quer que seja.
È este serviço público que temos.

Etiquetas:

terça-feira, outubro 03, 2006
O novo fascismo


O Islão fundamentalista não ameaça só o ocidente e a sua cultura, mas também o próprio Islão.
Abdelwahab Meddeb, escritor e intelectual muçulmano:
«O Islamismo pode ser o pior fascismo saído do homem»
in La Razón.es

Etiquetas:

domingo, outubro 01, 2006
Pintura - Realismo # 9

Sunday - 1926
Oil on canvas29 x 34
in
The Phillips Collection, Washington, D.C.

Etiquetas: